Esse post tá “atrasado” porque é resultado de uma ida à M.A.C  na semana retrasada..

imagem22

Duo M.A.C

Meu objetivo era conseguir um olho que ficasse discreto mas mostrasse que estava lá, bem de leve. E como só uso cores ultra neutras, o verde oliva ia ficar bem diferente pra mim.

imagem3

Acho que a vendedora pecou por achar que eu ia amar  esse brilho todo, mas depois que me acostumei percebi como abriu meu olhar; eu que estou acostumada a usar (pouco) sombras mais fechadas e com menos brilho.

O duo que ela usou foi o Brightside/Gallery Gal, deixando o verde oliva só para o “v” da parte externa do olho (custei pra acertar essa partezinha, viu).

De fato é super prático usar, mas seria pra mim mais uma sombra a ficar perdida por aqui. Não sei, sinceramente, se vale o preço que se paga aqui no Brasil.

com olho aberto

com olho aberto

Anúncios

Enquanto meu nariz não para de escorrer (glamour!) e a gripe não permite que eu fique muito tempo de olho aberto, deixo com vocês alguns vídeos que, se não assistiram ainda, valem a pena!

Vic Ceridono ensina a fazer Olho esfumado (amei!!)

Petiscos indicou o vídeo com tendências outono/inverno da M.A.C

Como fazer suas mãos parecerem mais jovens!No DermTv. (porque não adianta ter o rostinho lindo e esquecer o pescoço, ocolo e as mãos!)

Que o curvex  Shu Umera é um fenômeno todo mundo sabe.

Eu fiquei muito surpresa com o resultado do curvex da Clinique que veio junto com dois rímeis. Era uma promoçãozinha e comprei nno Free Shop aqui do Rio. Dois rímeis e o curvex de brinde!

antes

antes

Minha pálpebra é muito caidinha e não achei que ele fosse dar jeito dos meus cílios realçarem. Engano meu.

depois

depois

Que diferença!! Acho que ficou ótimo, ainda estava sem rímel nenhum.

Ele é um curvex como todos os outros, com a vantagem de não beliscar e ainda ter sido de graça. Não achei ele pra vender aqui pela internet.

Se você ainda tem algum dúvida de como usar o curvex e garantir um bom resultado, fica o link para o vídeo do Beleza Bacana.

Pra ver o vídeo, clica aqui.

Pra finalizar, o mais difícil pra mim: remover máscaras à prova de água, álcool, coca cola e qualquer outro líquido.

Eu quase morria toda vez que tinha que tirar rímel e acabava deixando pro dia seguinte, sim! Afinal, quem resiste àquela preguicinha?

Como não adivinho nada sozinha, fui procurar ajuda e fui apresentada ao Cleanse off oil, da MAC. Fiquei meio assim porque ele é um líquido oleoso(e voces estão cansadas de saber que eu tenho pele oleosa) mas nada de pele gordurosa depois e nenhum sinal de rímel. Ele é excelente e rende horrores, vale muito a pena.

É bem prático, eu passo um pouquinho num algodão e passo no olho. Depois é só enxaguar; ele forma uma emulsão que remove todo e qualquer vestígio de rímel.

Bem, depois que eu li aqui sobre  Johnson´s Baby tenho tirado “o grosso” no banho e depois finalizo com o da MAC.

Mas aí muita gente fica: putz, ela deve ter maior trabalho, pq não usa logo um removedor só?

Vou dizer que nenhum outro demaquilante bifásico me deixou plenamente feliz antes. Há quem ame mas meu rostinho não foi muito a favor deles, rejeitou. Fora isso, é só aplicar o do rosto e esse ao mesmo tempo e depois enxaguar tudo!

Aquela idéia de “ah, vou tirar tudo e o rímel fica pra amanhã” não é das mais felizes. Claro que a obstrução de poros pela maquiagem faz super mal mas o resíduo do rímel e sombras pode prejudicar a vista, deixando ela irritada.

Se toda sua habilidade em maquiagem não permite que você faça um “smoked eye” digno usando pincéis, sombras e demais apetrechos, compre!

imagemO Luxurious Color, da Revlon, é um lápis básico que do outro lado vem uma esponjinha. Simples assim. Você faz uma linha na pálpebra e depois vem com tudo usando a esponjinha pra esfumar.

O resultado fica bem bonito, ando sempre com ele na bolsa, caso precise dar uma mudada do “dia pra noite” sem arriscar.

Já vi outras marcas com o mesmo tipo de proposta mas acho essa esponjinha perfeita. As que eu tenho reparado são mais duras e não gosto tanto.

O melhor é que ele não derrete mesmo que você esteja naquele calor, suando.

Apesar dele custar uns R$50,00 por aqui, em qualquer farmácia gringa ele está por volta de $10,00! Bem baratinho..

Já tinha publicado esse post antes mas por alguma força superior ele sumiu!

Com medo de realçar cada vez mais minhas olheiras, ficava meio assim de usar lápis “embaixo” mas esse tom beringela, nº 6 Violet Artiste, da Bourjouis fica tão lindinho que uso sempre.
 
Eis que um dia vi minha amiga usando “metade um lápis, metade outro” e resolvi testar..é mais ou menos como está aí embaixo, da metade pra fora o escuro e da metade pra dentro um cor natural.
 
 
direito

direito

O outro que estou usando é o Lápis para olhos e lábios, da Contém 1g.

Eu achei que abriu mais o olhar, ficou discreto e mesmo assim dei um “up” nos olhos, que não usei sombra.

Studio Finish X Select Moisturecover

Studio Finish X Select Moisturecover

Achar o corretivo não é tarefa fácil. Avaliar cor, textura, necessidade; tudo é levado em conta!

Sempre usei o Studio Finish, da MAC. Ele é sólido, bem sequinho e eu gostava bastante, até começar a perceber que ele ficava craquelado ao longo do dia. Hora de mudar.

Resollvi buscar quem entende e a vendedora da MAC disse que realmente ele ficava assim por causa da hidratação na área dos olhos e possivelmente por causa do calor do Rio.

Ela indicou o Select MoistureCover. Um corretivo bem cremoso, de fácil aplicação e específico para área dos olhos pois sua fórmula é hidratante e não seria legal colocar em espinhas.

Ainda me mostrou a diferença na cobertura dos dois, achei a cobertura do Select Moistourecover mais discreta  e optei pela cor NW20.

Com sua boa lábia ainda me vendeu o pincel 195 pra aplicar. Ele ajuda bastante na aplicação, mas nada que não possa ser feito com bons e velhos dedinhos.

Tenho usado todos os dias, desde então. Mesmo no calor ele não tem craquelado, muito menos marcado minhas “ruguinhas” embaixo do olho. E, claro, o principal: está cumprindo seu papel de cobrir as olheiras.

Aprovadíssimo!